Os 11 principais destaques do mercado financeiro nesta quarta-feira (15)

80

Para começar bem o dia no mercado financeiro é sempre bom estar bem informado. Aqui estão as principais notícias para você começar o dia:

EUA e China devem assinar acordo comercial

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump participa às 13h30 (de Brasília) da cerimônia de assinatura da “fase 1” do acordo comercial com a China, representada pelo vice-primeiro-ministro Liu He.

Petrobras sai da África

A Petrobras finalizou ontem a venda da participação de 50% que a Petrobras International Braspetro detinha na Petrobras Oil & Gas para a Petrovida, por US$ 1,4 bilhão. A Petrovida é formada pelas sócias Vitol Investments Partnership, Africa Oil e Delonex Energya. Com a transação, a Petrobras encerra as suas atividades operacionais na África.

Azul compra TwoFlex

A Azul espera a conclusão de um processo de diligência financeira e contábil na TwoFlex para concluir a compra da companhia, disse John Rodgerson, presidente da companhia. Segundo ele, a empresa vai usar recursos do caixa para pagar os R$ 123 milhões acertados.

IBGE divulga Pesquisa Mensal de Comércio de novembro

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulga às 9h a Pesquisa Mensal de Comércio (PMC) de novembro. A estimativa mediana de 30 instituições financeiras e consultorias ouvidas pelo Valor Data é de crescimento de 1,3% no volume de vendas no varejo restrito (que não inclui automóveis e material de construção) em relação a outubro, feitos os ajustes sazonais.

Federal Reserve divulga Livro Bege

O Federal Reserve divulga, às 16h (de Brasília), o Livro Bege, sumário das condições econômicas atuais em cada uma das distritais do banco central, que servirá de base para as discussões de política monetária no encontro programado para os dias 30 e 31 de janeiro.

Governo tem meta de arrecadar R$ 150 bi com privatizações em 2020

O secretário especial de Desestatização, Desinvestimento e Mercados do Ministério da Economia, Salim Mattar, apresentou como meta para 2020 R$ 150 bilhões em vendas de participações do governo em empresas estatais. São mais de 300 na lista de privatização, total ou parcial, mais participações minoritárias, entre as 624 ainda existentes. BB, Caixa e Petrobras não serão privatizados, mas os Correios, sim, disse.

Helbor vende três imóveis para constituição de fundo imoboliário

A Helbor concluiu a venda de três imóveis prontos para constituição do Fundo de Investimento Imobiliário Multi Renda Urbana, no valor de R$ 175,2 milhões. A medida faz parte da estratégia de redução do estoque de ativos prontos e diminuição do endividamento.

Eternit fecha Precon Goiás Industrial

O conselho de administração da Eternit, em recuperação judicial, aprovou o fechamento da Precon Goiás Industrial, fabricante de coberturas, louças sanitárias, placas cimentícias e caixas d’água.

EDP apoia consolidação da Enel em Goiás

O grupo EDP informou que torce para que a operação da distribuição de energia em Goiás, realizado pela Enel, se consolide. A companhia portuguesa não fez menção às declarações feitas pelo governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), sobre uma proposta de troca do controle da concessão da distribuidora do Estado, da Enel para a EDP.

Cosan transfere ações que detém na Comgás

A Cosan transferiu a totalidade das ações que detém na distribuidora de gás, equivalente a 99,14% do capital social, para a subsidiária Distribuidora de Gás Participações (DG).

CPFL Energia faz assembleia

A CPFL Energia realiza hoje, às 10h, em Campinas (SP), assembleia geral extraordinária de acionistas para deliberar a exclusão do cargo de diretor vice-presidente financeiro adjunto e criação do cargo de diretor vice-presidente de estratégia, inovação e excelência de negócio, entre outras propostas.

Destaques do Mercado Financeiro