9 destaques que devem impactar o mercado nesta terça-feira (11)

95

Na segunda-feira (10) a Bolsa foi a 112.570 pontos, com volume financeiro negociado de R$ 29 bilhões. É o menor patamar de fechamento do Ibovespa desde 16 de dezembro, nesta terça-feira (11) alguns destaques podem ajudar a definir o rumo do mercado, confira abaixo:

Destaques do Mercado FINANCEIRO
Destaques do Mercado FINANCEIRO

Banco do Brasil (BBAS3)

O Banco do Brasil comunicou na noite de ontem que o Banco Votorantim, ou BV, protocolou ontem pedido de registro de companhia aberta na Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Além disto, o Banco do Brasil informou que o BV planeja realizar uma distribuição primária e secundária de “units” no mercado, mas em data a ser definida no futuro. O Banco do Brasil é sócio minoritário no BV, com 49,9% do capital social do banco, enquanto a Votorantim Finanças tem 50,1% do capital e é majoritária.

Petrobras

A Petrobras (PETR3;PETR4) divulgou sua produção de petróleo e gás natural referente ao quarto trimestre de 2019, na última segunda-feira (10). A produção foi de 3,025 milhões de barris de óleo equivalente por dia, uma alta de 13,7% em comparação ao mesmo período 2018.

Dessa forma, a petroleira chegou a uma produção média de óleo e gás em 2019 de 2,77 milhões de BOE/dia, crescimento de 5,4% em relação a 2018.

Em seu documento que informa sobre a produção e vendas do período compreendido entre outubro e dezembro de 2019, a petroleira salientou que chegou a um limite que ultrapassou a meta para 2019, de 2,7 milhões de BOE/dia. A empresa reiterou que para este ano a meta permanecerá a mesma.

A petroleira exportou 536 mil barris diários de petróleo no ano passado, um volume 25,2% maior do que o apresentado em 2018. Entre outubro e dezembro do ano passado, a exportação foi de 647 mil barris/dia. Volume médio 38% maior do que o do mesmo período de 2018.

Gerdau (GGBR4)

A Gerdau anunciou a interrupção das atividades na fábrica de Jackson (Michigan). A planta de aços especiais tem capacidade de 275 mil toneladas ao ano e a empresa tomou a decisão visando a otimização de custos. “Por se tratar de uma planta relativamente pequena (cerca de 2% da produção consolidada da companhia), vemos impacto marginalmente positivo para as ações”, aponta Yuri Pereira, analista da XP, que possui recomendação de de compra para o papel.

Vale

A Vale informou que manterá sua política de recomposição de estoques na China, mesmo com as perspectivas negativas para a economia do país asiático, causadas pelo surto do coronavírus.

No ano passado, os estoque de minério de ferro da empresa tiveram uma queda por conta dos cortes de produção depois da tragédia de Brumadinho, em Minas Gerais. A Vale destaca que ainda não teve nenhum prejuízo causado pelo surto de coronavírus. Sendo assim, irá manter sua estratégia comercial de recomposição de estoques.

Petz

A Petz anunciou a contratação dos bancos para a realização de sua oferta inicial de ações (IPO). A expectativa é de que ocorra a operação ainda neste semestre. A Petz é uma varejista do setor de produtos para animais de estimação.

Carrefour

O Carrefour Brasil (CRFB3) confirmou, na última segunda-feira (10), que está em fase de negociações com os acionistas controladores do Makro Atacadista para uma possível aquisição de determinados ativos imobiliários e acessórios.

O Carrefour, entretanto, desmentiu a notícia vinculada pelo jornal “Valor Econômico” sobre o valor da transação com o Makro. “Os valores mencionados na notícia (de R$ 5 bilhões) são substancialmente maiores que o valor máximo indicativo contemplado pelo Carrefour Brasil”, informou o Carrefour.

Log

A Log (LOGG3) teve lucro líquido de R$ 40,7 milhões no último trimestre de 2019. O valor representa uma alta 208,2% em comparação ao ano anterior, quando teve lucro de R$ 13,2 milhões.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebtida) teve alta de 15,7%, para R$ 27,2 milhões, no último trimestre de 2019.

Gol (GOLL4)

A Gol anunciou ter fechado contratos de venda e arrendamento de 11 Boeing 737 NG com a Carlyle Aviation. “Isso acelerará ainda mais a renovação da frota da GOL e a desalavancagem do balanço. A Gol pretende substituir esses NGs por aeronaves Boeing 737 MAX-8 durante os próximos anos”, destaca a aérea em comunicado.

Itaú

O Itaú Unibanco (ITUB3; ITUB4) divulgou na última segunda-feira (10) seu balanço referente ao quarto trimestre de 2019. No período, o banco registrou lucro líquido recorrente de R$ 7,296 bilhões ante R$ 7,156 bilhões obtidos no mesmo período de 2018. O montante indica uma alta de 1,9% na comparação anual.

O avanço no lucro aconteceu por conta de um maior volume de crédito, a alta nas receitas de serviços e o controle das despesas operacionais.

Fontes: Suno, Infomoney e Yahoo Finanças