8 Destaques que devem impactar o mercado financeiro nesta terça-feira (21)

51

Após operar com estabilidade durante boa parte do dia, o principal índice da bolsa de valores brasileira, a B3 renovou recorde ontem (20), em pregão sem a referência de Wall Street, devido a feriado nos Estados Unidos. O começo da semana também foi marcado pelo vencimento de opções sobre ações na B3. O bovespa subiu 0,32%, a 118.861 pontos, marca máxima do dia. Nesta terça-feira (21) o mercado promete muita volatilidade, segue 8 destaques que devem impactar o mercado financeiro nesta terça:

Destaques que devem impactar o mercado financeiro
Destaques que devem impactar o mercado financeiro

Guedes participa de painel sobre América Latina e se reúne com executivos em Davos

O ministro da Economia, Paulo Guedes, está em Davos (Suíça), participando do Fórum Econômico Mundial. O principal destaque da agenda do ministro é às 10h30 (de Brasília), quando ele participará do painel sobre a perspectiva estratégica para a América Latina, ao lado de autoridades do México, da Argentina e do Equador. Ainda hoje, Guedes tem reunião com executivos de diversas empresas, entre elas UBS, Microsoft, Visa, Arcelor Mittal e Chevron, além de se encontrar com autoridades da Suíça.

Positivo fará oferta de ações

A Positivo Tecnologia, fabricante de computadores e celulares, anunciou que fará uma oferta pública de 40 milhões de novas ações, com a possibilidade de até 14 milhões de papéis adicionais. Pelo fechamento de ontem, de R$ 9,65, a oferta chegaria a R$ 521,1 milhões, considerando o lote adicional. No acumulado de 12 meses, as ações da Positivo se valorizaram 314,2%. A companhia concorre em licitação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para compra de urnas para as eleições de 2020, avaliada em R$ 696,5 milhões. O TSE inicia hoje a fase de testes dos dois protótipos de urna eletrônica apresentados pela Positivo e pela Smartmatic.

FGV comunica Monitor do PIB referente a novembro

O Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (FGV/Ibre) comunica, às 10h15, o Monitor do PIB referente ao mês de novembro. No último relatório, o Monitor do PIB-FGV apontou, na análise da série dessazonalizada, crescimento de 0,1%, na atividade econômica em outubro.

Vendas da Cyrela caem

Três incorporadoras divulgaram ontem dados operacionais prévios do quarto trimestre. O destaque negativo ficou com a Cyrela, cujos lançamentos imobiliários recuaram 11,7%, somando valor geral de vendas (VGV) de R$ 2,4 bilhões. As vendas líquidas caíram 15,5%, para R$ 2 bilhões. Na Even, o VGV de lançamentos total somou R$ 935 milhões no quarto trimestre, aumento de 25%. As vendas líquidas somaram R$ 583 milhões, avanço de 73,5%. Os lançamentos de imóveis da RNI Negócios Imobiliários cresceram 64%, no quarto trimestre de 2019, na comparação anual, para R$ 300,1 milhões.

Cia. Hering tem queda na receita

A Cia. Hering registrou queda de 5,2% na receita bruta do quatro trimestre, para R$ 502,9 milhões, na comparação com o mesmo período de 2018. A empresa tem hoje, às 9h, teleconferência para tratar dos resultados operacionais.

Celulose Irani avalia oferta

A Celulose Irani contratou BTG Pactual, Credit Suisse e XP Investimentos para avaliar uma oferta pública de distribuição primária de ações.

M. Dias Branco vai recomprar ações

O conselho de administração da M. Dias Branco aprovou ontem um programa de recompra de ações, para adquirir até 10% dos ativos em circulação.

Taesa conclui energização de empreendimento na Bahia

A Transmissora Aliança de Energia Elétrica (Taesa) concluiu a última energização do empreendimento Empresa Diamantina de Transmissão de Energia (EDTE), referente ao trecho Poções III – Poções II da linha de transmissão, localizado na Bahia.

Por: Jovem Investidor (Com informações do Valor Investe)