5 notícias que devem movimentar o mercado nesta quarta-feira (22)

68

O Ibovespa caiu 1,54% no pregão de ontem (21) depois de ter batido recorde nominal no início da semana. Com a queda, que foi a maior desde 8 de novembro do ano passado, o principal índice da Bolsa fechou em 117.026,04 pontos. Nesta quarta-feira (22) o mercado promete grandes movimentações, segue as 5 principais notícias do dia:

notícias que devem movimentar o mercado
Notícias que devem movimentar o mercado

Vale

A Vale (VALE3) e a consultoria TÜV SÜD emitiram declarações falsas acerca das condições de estabilidade de ao menos dez barragens, de acordo com informações do Ministério Público de Minas Gerais (MP-MG) divulgadas nesta terça-feira (21).

“Era uma lista mantida sigilosamente, internamente, pela Vale. Uma lista de barragens em ‘situação inaceitável de segurança’. Era assim que eram reconhecidas ao menos essas dez barragens geridas pela Vale”, afirmou ao portal G1 o coordenador do núcleo criminal da força-tarefa do MP, William Garcia Pinto Coelho. O MP também denunciou executivos da Vale e da TÜV SÜD por homicídio doloso. As duas empresas deverão responder por crime ambiental.

O MP também denunciou executivos da Vale e da TÜV SÜD por homicídio doloso. As duas empresas deverão responder por crime ambiental.

Caixa

A Elo, bandeira de cartões que concorre com a Visa e a Mastercard, pode iniciar o processo de abertura de capital na bolsa (IPO). O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, falou sobre esse plano em um evento da Caixa Cartões Holding, um novo braço da estatal financeira que tem como objetivo entrar no mercado de ‘maquininhas’.

“Em algum momento pode ser que haja uma abertura de capital da própria Elo”, afirmou o presidente da Caixa Econômica em entrevista ao jornal “Valor Econômico”.

Petrobras

A Petrobras (PETR3), por meio de um documento enviado à Securities and Exchange Commission (SEC, na sigla em inglês), órgão regulador do mercado de capitais estadunidense, comunicou que o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) irá vender 611,8 milhões de ações ordinárias da petroleira.

Considerando o fechamento do pregão da B3 na última terça-feira (21), os papéis da Petrobras estão cotados a R$ 31,02, portanto a oferta pode chegar a R$ 19 bilhões. A operação prevê ainda um lote adicional de 20% sobre o montante inicial (mais 122 milhões de ações). Atualmente, o BNDES possui 734,2 milhões de ações da companhia. As informações foram divulgadas inicialmente pelo site “Brazil Journal”.

EzTec

A EzTec divulgou a prévia operacional do quarto trimestre de 2019. De acordo com a construtora, suas vendas líquidas aumentaram 158% no ano passado sobre 2018, para R$ 1,56 bilhão.

A empresa informou que teve uma “escalada” de lançamentos em 2019, com avanço de 152% sobre o ano anterior, para R$ 1,89 bilhão.

Tenda

A Tenda (TEND3) divulgou a prévia operacional do quarto trimestre de 2019. De acordo com a companhia, as venda líquidas chegaram ao valor de R$ 615,9 milhões no quarto trimestre, uma expansão de 34% sobre igual período de 2018. Outro dado divulgado pela empresa foi o crescimento de 34,6% nos lançamentos de 2019 sobre o ano anterior, que representa um valor de R$ 2,58 bilhões.

Por: Jovem Investidor (Com informações da Suno Research)