10 gastos desnecessários que podem ser evitados

34

Você enfrenta dificuldade para manter o seu orçamento sob controle devido a gastos desnecessários? A solução pode ser mais simples do que parece: comece a economizar com pequenos gastos do dia a dia. Ao somar todos os valores que aparentam ser insignificantes, você vai se surpreender!

Mudar hábitos é difícil, mas é o único caminho para conquistar a estabilidade financeira. Se você quer ter uma vida mais confortável e segura, precisa estar atento aos gastos que podem causar um desequilíbrio nas contas.

Gastos desnecessários que podem ser evitados
Gastos desnecessários que podem ser evitados

Você vai ver, no artigo a seguir, que é possível evitar pequenos gastos que farão toda a diferença no final do mês. Ao final do ano, o rombo é maior do que você poderia imaginar. Leia e reflita!

1. CAFÉ DA MANHÃ NA PADARIA

Você acha que é só um pãozinho com café. No entanto, não se engane! Pode parecer inofensivo, mas lá se vão cerca de R$ 120,00 mensais por pessoa. São R$ 1.440,00 por ano.

Se considerar uma família de quatro indivíduos, o gasto pode chegar a R$ 5.700,00 anuais apenas com pãozinho e café!

A solução para esse dilema é fazer a refeição em casa. Além de economizar, você pode aproveitar o momento para interagir com a sua família.

2. ALMOÇO EM RESTAURANTES

Preparado para mais um susto? Dependendo da região, um almoço simples pode custar R$ 20,00 por dia. Adicione uma lata de refrigerante para acompanhar no valor de R$ 3,00. Somando, o gasto chega a R$ 8.280,00 por ano!

E olha que o cálculo está considerando apenas você. Se mais membros da família fazem a refeição fora de casa, você deve multiplicar o valor.

E qual a solução para isso? Leve, para o trabalho, o almoço pronto de casa e corte a bebida durante as refeições. O excesso de líquido ingerido prejudica a absorção dos nutrientes dos alimentos, além de atrapalhar a mastigação. Portanto, cuide da saúde do corpo e do bolso: consuma alimentos preparados em casa e elimine o refrigerante.

3. PIZZA DO FINAL DE SEMANA

Cada pizza custa em torno de R$ 30,00. Se você consumir todos os sábados, serão R$ 1.440,00 por ano. Famílias de quatro pessoas, por exemplo, costumam pedir mais de uma pizza a cada refeição. Se identificou? Então, dobre o valor anual.

Que tal deixar a pizza apenas para ocasiões especiais, como aniversários? Você economiza e não deixa de desfrutar de uma refeição prazerosa.

4. CHOPE NO BARZINHO

Sair com amigos e beber um chope acompanhado com uma porção de carne de sol com mandioca. Que tal? Em cada passeio desse tipo, acompanhado do seu amor, você gasta em torno de R$ 100,00. Se você faz isso pelo menos duas vezes por mês, serão R$ 2.400,00 gastos em um ano. Caro, não é?

Para gastar menos, chame os amigos para um jantar ou churrasco em casa e divida as despesas com eles. É mais barato e você não deixa de confraternizar com os seus colegas.

5. PLANOS DE CELULAR

Tem um plano de telefonia celular com um belo pacote de internet e minutos de ligações? Mas você utiliza mesmo todos esses benefícios? Se você tem wi-fi em casa e no trabalho, não há necessidade de pagar para ter acesso à internet no trajeto, por exemplo. Não adianta pagar R$ 150,00 em um plano com mil benefícios se você nem usa.

Tente renegociar o plano com a operadora e reduza o valor da conta. Mas a melhor solução é passar para o pré-pago. Assim, você só paga pelo que realmente consumir.

6. SMARTPHONE DO ANO

Pode parecer legal ter o celular mais moderno do mercado, mas é mesmo necessário? Se o seu celular está em perfeito funcionamento, não há motivo para substituir por um novo.

Gastar para manter um status social é um dos vilões do endividamento que causam um desfalque nas suas finanças.

Um celular de R$ 6.000,00 é um sonho de consumo, mas você pode ter todas as suas necessidades atendidas com um aparelho de R$ 1.000,00, ou até menos. É uma economia de R$ 5.000,00 em apenas um aparelho.

Além disso, não precisa trocar de celular todos os anos. Só adquira um produto novo para substituir algo que tenha estragado!

7. LAVA JATO

Você paga para lavar o carro todos os meses? O preço médio da lavagem de um carro pequeno é de R$ 40,00, um gasto anual de R$ 480,00.

Deixe a preguiça de lado e faça você mesmo! Chame as crianças para ajudar e use esse momento para se divertir com elas.

8. USAR O CARRO PARA CURTAS DISTÂNCIAS

Se a compra for pequena, não há justificativa para usar o carro para ir ao supermercado que fica bem na esquina da sua casa. Você está gastando, no mínimo, R$ 120,00 anualmente com algo desnecessário. Pode parecer pouco, mas são esses valores modestos podem estar impedindo você de realizar sonhos maiores.

Distâncias de até um quilômetro podem ser percorridas a pé ou, até mesmo, de bicicleta. Além de economizar com pequenos gastos, você investe na sua saúde.

9. COMPRAR SEM PESQUISAR

A regra é clara: não compre na primeira loja que entrar. Pesquise o preço em todo comércio físico e na internet. Analise as opções e escolha a que tiver melhor custo-benefício.

Hoje em dia, existem comparadores de preço na internet que facilitam a pesquisa. É possível ver até o histórico de valores dos últimos meses. Assim, você pode avaliar se o preço atual é o melhor praticado pelo produto.

Uma geladeira, por exemplo, pode ter variação de cerca de R$ 520,00. Vale lembrar que a pesquisa deve ser feita para todas as compras, inclusive os itens de supermercado.

Fuja das parcelas a perder de vista. Você pode conseguir bons descontos se comprar à vista.

10. ANDAR COM NOTAS MIÚDAS NO BOLSO

Já percebeu que dez notas de R$ 10 somem mais rápido do que uma de R$ 100,00? O valor é o mesmo, mas o dinheiro trocado é gasto em coisas imperceptíveis e quando você vê, já acabou.

É um chocolatinho depois do almoço, uma balinha no sinal e um cafezinho no meio da tarde que você, provavelmente, não compraria se tivesse com uma nota maior. Se você usar apenas R$ 5,00 por dia, no final do ano serão R$ 1.800,00 gastos com coisas insignificantes.

Saia com dinheiro apenas para emergências e só use quando for realmente necessário. Detalhe: chocolate não é emergência!

Vamos fazer as contas?

Café da manhã na padaria R$ 1.440,00
Almoço + refrigerante R$ 8.280,00
Pizza do final de semana R$ 1.440,00
Chope no barzinho R$ 2.400,00
Plano de celular R$ 1.800,00
Smartphone do ano R$ 6.000,00
Lava jato R$ 480,00
Carro para curtas distâncias R$ 120,00
Comprar sem pesquisar R$ 520,00
Dinheiro trocado no bolso R$ 1.800,00
Total R$ 24.280,00

Viu só? É de grão em grão que a galinha enche o papo. São R$ 24.280,00 por ano que você poderia usar para quitar uma dívida ou investir. A conta pode estar um pouco exagerada e os preços citados variam de acordo com a região e com o seu padrão de consumo. Mas de todo jeito, economizar com pequenos gastos faz toda a diferença no orçamento familiar. Para alcançar a estabilidade financeira, coloque tudo no papel e veja que poupar vale a pena! Fonte: Claudia Midori (Blog Sofisa Direto)